sexta-feira, 17 de novembro de 2017

NOTÍCIAS DE LÍMBIA: CORAGEM


"Ter bondade é ter coragem"
(Dado Villa-Lobos / Marcelo Bonfá / Renato Russo)


Um homem bom, sem sobra de dúvida.
Para os amigos, é considerado buona gente. Para a família é um idiota.

Teve que ter muita coragem para decidir em certo momento - ou continuava na posição cômoda de estar protegido pelas finanças do pai, mas aprisionado na imagem que este exigia dele; ou buscava a liberdade afetiva, assumindo a própria vida.
Decidiu-se por ele: "A liberdade que sinto agora, não tem preço"

Coragem - capacidade de agir apesar do medo, do temor e da intimidação; não a ausência de, mas a ação para além de.
Coragem - o uso da razão a despeito do prazer.

Seguiu sua vida.
Experimentou certas privações e certas humilhações, decorrentes de acusações e ridicularizações sobre sua perda financeira e de sua liberdade pessoal de ser quem gosta de ser.

Às vezes ainda se pega pensativo, sentado em algum balcão de padaria.
"Coragem vale à pena?" - pergunta o fantasma do pai.
Perdido em suas divagações, volta a seu cotidiano pelo chamado de algum amigo: "Meu chapa, você por aqui? Posso tomar um café contigo?"
E, abrindo aquele seu peculiar sorriso fraterno, se responde rápido: "Ô se vale... E como vale"
E se sente feliz, entretido na conversa cotidiana.


*DADOS CARTOGRÁFICOS: Límbia é Real sem existir em lugar algum. Faz-se justiça ao cartógrafo Fabio Herrmann que a define: “Isto é Límbia, terra da ficção verdadeira. Límbia não foi inventada. É a própria invenção.” HERRMANN, F. (2002) A Infância de Adão e Outras Ficções Freudianas. Casa do Psicólogo: São Paulo (p.34).