terça-feira, 28 de outubro de 2014

NOTÍCIAS DE LÍMBIA: EROS



Feliz da vida, fez as malas e foi viajar.
Viajar, passear, divertir-se, arriscar-se, são dons que ela não abre mão - a fazem sentir-se viva.
Normalmente está de bom humor, solícita, pronta para a família, os amigos... Agora diverte-se com os netos. Ser avó é poder divertir-se.

Não que ela não tenha seus maus momentos. Às vezes acorda de pé esquerdo.
Tenta manter secretos os maus momentos, e reinveste-se de energia viva do "divertir-se".

Quando a conheci, já faz quatorze anos, chegou desenganada, com o passaporte carimbado em direção à morte certa.
Entre altos e baixos, mais baixos pelos maus bocados que já passou, organizou-se e, aprendendo a viver com aquela "ela mesma tomada por grave doença degenerativa", apostou, em uma construção elaborada com cuidado, no "divertir-se" - permitiu a adolescência não vivida ser experimentada.
Não recebe muita compreensão por parte do Outro, mas isso não importa muito...
Uma carregadora de piano, que tem a percepção da guerra pulsional que ocorre em seu Eu-corpo, mas que opta ludicamente em brincar com os próprios limites - mesmo quando a adolescente abusa um pouquinho.

Vitoriosa com certeza. Permitiu que o processo de análise se ajustasse como auxílio. Há quatorze anos estamos juntos... Continuamos firmes e fortes nessa história de tempo longo.

Algumas pessoas são assim, outras não.


 *DADOS CARTOGRÁFICOS: Límbia é Real sem existir em lugar algum. Faz-se justiça ao cartógrafo Fabio Herrmann que a define: “Isto é Límbia, terra da ficção verdadeira. Límbia não foi inventada. É a própria invenção.” HERRMANN, F. (2002) A Infância de Adão e Outras Ficções Freudianas. Casa do Psicólogo: São Paulo (p.34).

Nenhum comentário:

Postar um comentário