terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

NOTÍCIAS DE LÍMBIA: O TEMPO & A TRIBO





Há de ser tempo?
Há de se ter tempo para organizar-se.
Há de se ter tempo para nós.
Há de ser tempo para que dê tempo.
Há de ser tempo para realizar-se completo.
Há de se ter tempo pomodoro.
Há de ser tempo para nada.
Há de se ter tempo para o tempo que já se foi.
Há de se ter tempo...

Há de se ter tribo?
Há de se ter tribo para identificar-me.
Há de se ter tribo para ter passado.
Há de se ter tribo para proteger-me do que realmente sou.
Há de se ter tribo para acalmar a culpa.
Há de se ter tribo para suportar o canibalismo totêmico.
Há de ser tribo para, um dia, poder estar só.
Há de ser tribo...


"The Butterfly Effect"
O Tempo do Desejo e da Cura se dá no Condicional, onde o próprio Homem Psicanalítico se modifica quando o Passado abre-se em Futuros Possíveis, propiciando o ser visto sob nova luz de possibilidades futuras.
O Tempo Condicional que representa um Futuro alternativo no Passado.
O Futuro do Pretérito, este tempo de possíveis, incertezas e realidades que estão por vir.


*DADOS CARTOGRÁFICOS: Límbia é Real sem existir em lugar algum. Faz-se justiça ao cartógrafo Fabio Herrmann que a define: “Isto é Límbia, terra da ficção verdadeira. Límbia não foi inventada. É a própria invenção.” HERRMANN, F. (2002) A Infância de Adão e Outras Ficções Freudianas. Casa do Psicólogo: São Paulo (p.34)

Nenhum comentário:

Postar um comentário