segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

MANIFESTO SOBRE O TEMPO



Outro dia fui convidado a assistir uma Colação de Grau de Colegial (no meu TEMPO era assim que se chamava - Colegial).
Fiquei a observar as meninas e meninos, de aproximadamente 17/18 anos de idade. Eu, que já passei dos 40, via meninos e meninas.
Quantas lembranças... Quantas mudanças me proporcionei em meu TEMPO passado. Mas não o teria modificado: acho que vivemos o que temos de viver... E nos lapidamos.
Um dos discursos me chamou a atenção. Uma loirinha falou sobre o Futuro, sobre o Luto de deixar passar aquela fase de vida, sobre as expectativas do que ainda estaria por vir. Emocionada, a loirinha solicitou que a memória e os amigos permanecessem ali, parados, estancados no TEMPO. Impossível?!? Talvez não...

Pensei na Psicanálise, e no quanto a Psicanálise poderia contribuir para aquelas meninas e meninos: compreensão do Desejo, das Pulsões, da Bondade, das Mazelas de ser Humano, da Destrutividade, da Sexualidade, da Sublimação... Enfim!!! Será o Analista uma "Persona Não Grata" à Instituição Educacional?!? Não consegui responder...

Apenas agradeço a oportunidade de reflexão, que me foi proporcionada por aquelas meninas e meninos que não conheço.


TALVEZ SEJA ESTA A MANEIRA MAIS RICA DE SE COMUNICAR: RESPONDER, NÃO AO QUE A PESSOA DIZ QUE É, NEM AO QUE ME DIZ QUE FEZ OU PLANEJA FAZER, MAS A COMO A PESSOA É AGORA.


Um comentário:

  1. E eu agradeço a você a oportunidade que dá à outras pessoas de refletirem o seu pensamento. Realmente se eu pensasse sobre o que você escreveu não teria me ferrado tanto (E ainda tenho 20 anos).
    E esses erros que a gente comete marcam muito a nossa personalidade (às vezes de forma boa)

    Gostei do blog, estou seguindo

    ResponderExcluir